Uma visão dos nossos históricos anos sessenta e um pouco antes

Voltar  para  Página Inicial

Ir  para  "Lendas e histórias"

Aguinaldo de Goes Aldo Costa Alfredo Santilli Amauri Mesquita Antonio Carlos
Aguiar
Arlindo Aguiar Aroldo Louzada Bica Votnamis
Bird Clemente Bob Sharp Breno Fornari Caetano Damiani Camillo Christofaro Celso Lara Barberis Christian Bino Heins Ciro Cayres
Domingos Papaleo Eduardo Celidonio Emerson Fittipaldi Emilio Zambello Ênio Garcia Eugênio Martins Francisco Lameirão Fritz D'Orey
Graziela Fernandes Jan Balder Jayme Pistili Jayme Silva Jorge Lettry José Tôco Martins Luiz Americo
Margarido
Luiz Carlos Valente
Luiz Pereira Bueno Luiz Valente Marinho Miguel Crispim Nelson Brizzi Nicola Papaleo Nilo de Barros
Vinhaes
Norman Casari
Orlando Menegaz Paschoal
Nastromagario
Pedro Carneiro
Pereira
Piero Gancia Raphael Gargiulo Ricardo Rodrigues
de Moraes
Roberto Gallucci Roberto Gomez
Salvador Cianciaruso Toni Bianco Toninho Martins Victor Losacco Victorio Azzalin Vitório Andreatta Waldemar Santilli Zoroastro Avon
Pioneiros:
Benedicto Lopes Chico Landi Chico Marques Gino Bianco Hermano da Silva Ramos Irineu Correa Manuel de Teffé Nascimento Junior
Norberto Jung Villafranca            

Página acrescentada em 22 de outubro de 2005.
 
Waldemar Santilli
por Paulo Roberto Peralta

Clique aqui e veja uma entrevista com esse ex-piloto, em 1961

1960

Nasceu em São Paulo, no bairro da Lapa, em 14 de julho de 1926. Filho de Antonio Santilli que tinha uma oficina mecânica, e onde começou a trabalhar cedo e tomou gosto pela mecânica, depois foi trabalhar em oficinas de retífica, onde se especializou, até que em 7 de junho de 1951, aos 25 anos de idade, abriu em sociedade com os irmãos Afonso e Nelson e mais quatro tios uma oficina, a Retífica Eclipse. Dizia que juntaram capital e força, mais força que capital, todos já haviam trabalhado em retíficas diversas, tinham portanto muita experiência acumulada. 

Visita de Fangio

A Retifica Eclipse virou uma referência entre os automobilistas da época, até Fangio em uma visita ao Brasil em 1957, fez questão de visitar. 
Seu tio Alfredo já corria desde 1940, mas de forma eventual, quando em 1956 foi com seu Pontiac Hidramático assistir à um treino do tio, e por brincadeira, já que na época o controle de acesso à pista era deficiente, colocou o carro na pista para andar, gostou tanto que se inscreveu para a prova do fim de semana seguinte, resultado: o câmbio quebrou e não terminou a prova, mas o vírus da velocidade o pegou. Tinha 30 anos de idade, já era casado e tinha 2 filhos, depois teve mais um. como essa nova atividade combinava com sua atividade profissional, continuou a correr, mas sempre de forma amadora, apenas pelo prazer.                              

Eclipse Especial/Willys/1957

Seu pai, excelente mecânico, foi quem construiu seu primeiro Eclipse Especial de Mecânica Nacional.
Somente fez duplas em corridas de carreteras, de longa duração, com seu irmão Nelson ou com seu tio Alfredo Santilli

Chico Landi, Waldemar e Nelson Santilli

Seu irmão Nelson nasceu em 1928, foi um dos sócios fundadores da Retífica Eclipse, fez três corridas, todas em parceria com Waldemar e faleceu aos 59 anos em 1987. Waldemar dizia que escolhera a categoria Mecânica Nacional Força Livre pois devido às dificuldades na aquisição de carros esporte a Mecânica Nacional era a categoria que "- ...ainda se podia competir sem ter despesas fora do alcance"
Waldemar ficou o ano de 1959 sem correr e retornou em 1960 na prova da inauguração de Brasília, “GP Juscelino Kubitschek” para carros Mecânica Nacional e Esporte, estreou um novo Mecânica Nacional Eclipse Especial, também construído na oficina de seu pai, Antonio, que fvoi equipado com motor Cadillac, ficou em 17º lugar na geral. Depois só participou do “500 Quilômetros”.
Em 1961 foi convidado por Arnaldo Pacini para correr em dupla o IV 500 Quilômetros de Interlagos. Pacini havia inscrito dois carros: uma Maserati Esporte que havia sido de Juan Manoel Fangio e uma Maserti/Corvette Mec. Nac. que havia comprado de Luiz Américo Margarido depois que este capotara no ano anterior. Waldemar escolheu então o Mecânica Nacional, categoria à qual estava mais acostumado, mas esse carro já estava comprometido com Roberto Gallucci, então só restava o carro esporte. E foi num dos treinos para "pegar o jeito do carro" que Waldemar se desgovernou e passou reto na curva 3 (pista antiga). Veja aqui reportagem e fotos da época. Foi aí que aos 35 anos de idade decidiu encerrar sua carreira.
Waldemar faleceu em 26 de agosto de 1984 aos 58 anos de idade. Seus filhos continuam a trabalhar na Retífica Eclipse, até hoje no Bairro da Lapa em São Paulo.

III 500 Quilômetros de Interlagos - 1960
 

III 500 Quilômetros de Interlagos - 1960
 

V Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP 1960 - com Alfredo Santilli 

Brasilia 1960 - o carro branco

Participações em provas (com a colaboração de Napoleão Ribeiro)

12/08/1956 - I Prêmio Benedicto Lopes - Interlagos/SP - Pontiac (Hidramático) nº 58 - Tur. - AB = Quebra do câmbio
29/09/1956 - Prova do 49° Aniversário do ACB - Interlagos/SP - Eclipse Especial Ford nº 19 - 3.800cc - Cat. Mec. Nac. -
4º Lugar
24/11/1956 - I Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Com Alfredo Santilli - Cadillac nº 90 - 5.442cc -
11º Lugar
09/02/1957 - Abertura do Campeonato Paulista - Mec. Nac.- Interlagos/SP - Eclipse Especial Ford nº 90 - 3.800cc -
AB
25/08/1957 - IV Prova Cinqüentenário do ACB - Mec. Nac.- Interlagos/SP - Eclipse Especial Willys nº 26-A - 2.190cc -
7º na geral e 2º na cat. MN-2.5
07/09/1957 - I 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Com Nelson Santilli - Eclipse Especial Corvette nº 19 - 4.500cc -
9º Lugar
23/11/1957 -
II Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Com Alfredo Santilli - Cadillac nº 96 - 5.200cc - AB
21/06/1958 - I GP Cinqüentenário da Imigração Japonesa - Interlagos/SP - Cat. TFL - Cadillac nº 96 - 5.290cc -
3º na geral e 2º na cat. TFL
07/09/1958 - II 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Com Nelson Santilli - Eclipse Especial Cadillac nº 26 - 5.290cc -
17º na geral e 15º na cat. Mec. Nac.
28/09/1958 - Inauguração Circuito da Barra da Tijuca/RJ - Cat. Mec. Nac. - Eclipse Especial Cadillac nº 26 - 5.290cc -
6º Lugar
22/11/1958 - III Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Com Nelson Santilli - Chevrolet nº 26 - 4.500cc -
AB
23/04/1960 - I G. P. Juscelino Kubitschek - Eixo Rodoviário Sul - Brasília/DF - Eclipse Especial Cadillac nº 26 - 5.290cc -
11º na geral e 5º na cat. Mec. Nac.  (corrida em conjunto com a categoria esporte)
07/09/1960 - III 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Eclipse Especial Cadillac nº 26 - 5.290cc -
AB
26/11/1960 - V Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Com Alfredo Santilli - Ford V-8 nº 84 - 4.200cc -
AB
 


VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA
ou
VOLTAR À PÁGINA INICIAL