Uma visão dos nossos históricos anos sessenta e um pouco antes

Voltar  para  Página Inicial

Ir  para  "Lendas e histórias"

Aguinaldo de Goes Aldo Costa Alfredo Santilli Amauri Mesquita Antonio Carlos
Aguiar
Arlindo Aguiar Aroldo Louzada Bica Votnamis
Bird Clemente Bob Sharp Breno Fornari Caetano Damiani Camillo Christofaro Celso Lara Barberis Christian Bino Heins Ciro Cayres
Domingos Papaleo Eduardo Celidonio Emerson Fittipaldi Emilio Zambello Ênio Garcia Eugênio Martins Francisco Lameirão Fritz D'Orey
Graziela Fernandes Jan Balder Jayme Pistili Jayme Silva Jorge Lettry José Tôco Martins Luiz Americo
Margarido
Luiz Carlos Valente
Luiz Pereira Bueno Luiz Valente Marinho Miguel Crispim Nelson Brizzi Nicola Papaleo Nilo de Barros
Vinhaes
Norman Casari
Orlando Menegaz Paschoal
Nastromagario
Pedro Carneiro
Pereira
Piero Gancia Raphael Gargiulo Ricardo Rodrigues
de Moraes
Roberto Gallucci Roberto Gomez
Salvador Cianciaruso Toni Bianco Toninho Martins Victor Losacco Victorio Azzalin Vitório Andreatta Waldemar Santilli Zoroastro Avon
Pioneiros:
Benedicto Lopes Chico Landi Chico Marques Gino Bianco Hermano da Silva Ramos Irineu Correa Manuel de Teffé Nascimento Junior
Norberto Jung Villafranca            

 

Página acrescentada em 03 de junho de 2005.
  
Salvador Cianciaruso Neto
por Paulo Roberto Peralta

Cianciaruso em 1973

Nasceu em São Paulo aos 3 de junho de 1941 no bairro da Bela Vista onde passou a infância e adolescência. Gostava de futebol e praticou o esporte no São Paulo F.C. tendo sido campeão infantil em 55 e campeão juvenil Pan-americano em 57 pela seleção brasileira de juniores, no México. Voltando ao Brasil foi jogar nos aspirantes e em seguida nos profissionais, nesse meio tempo estudava. Em 1963, com 22 anos, foi convidado à assistir uma corrida (500 Km.) e gostou tanto que deu um jeito de comprar uma Ferrari biposto, usada, para participar, mas logo vendeu e comprou, em sociedade com Domingos Papaleo, a carreteira Fiat Stanguellini 1300cc de Luciano Bonini que depois de 3 corridas com o motor completamente danificado venderam e aí comprou uma Maserati 300S biposto da categoria esporte.

Fiat Stanguelini

Em 1964 formou-se em Eng. Química e logo se matriculou para estudar também Eng. Operacional Mecânica, se formando em 1970. Nesse período ia participando de provas, geralmente as de longa duração, correndo com a Maserati 300S com a carenagem modificada. Não tinha muito tempo para treinar pois dividia seu tempo entre o trabalho de químico em industrias de cosméticos e o estudo de engenharia.
Em 1972 montou uma oficina de competição no bairro de Interlagos/SP só para preparar seus carros.
Casou-se e mudou para Aldeia da Serra/SP em 1977 e teve um casal de filhos.
Construiu um monoposto Fórmula Vê em 74 com a carenagem parecida com a Ferrari 312B2 de F1, outro em 75, parecido com a Ferrari 312B3, e outro em 76, com a Ferrari 312T3. Esse carro pilotado por José Luis Bastos venceu uma corrida em Interlagos/SP, a primeira do torneio de F-1300 de 1976. Recebeu algumas  encomendas e diz ter construido 8 unidades.

O CS-1 em acabamento/73
O CS-1 em 2003 no ferro-velho

Em 1973 construiu um Divisão 4 - Classe A - Protótipos até 2.000 cc., com motor FNM JK 2000cc. entre eixos, o "CS-1". Infelizmente essa categoria não durou tempo suficiente para o carro ser adequadamente desenvolvido. Ele foi trocado por um Divisão 3 com o piloto Milton Amaral/RJ. Em 2003 esse carro foi localizado pela revista "Automóveis Antigos" em um ferro-velho no bairro do Ipiranga.
Construiu também o primeiro Fórmula 2BR com motor Passat AP, em 1979, sua estréia foi em Brasília (21/04/1981) pilotado por Maurizio Sandro Sala, mas não foi bem, teve problemas mecânicos. Mas dissiam que esse carro tinha a suspensão traseira tão boa que ele fez a adaptação dela em 18 outros carros da categoria.
Ao fim de 1980, com o nascimento de seu primeiro filho resolveu encerrar a carreira automobilística dedicando-se apenas à carreira de químico, afinal já tinha montado sua própria fábrica de cosméticos.

Com a separação e o desquite perdeu todo seu acervo de troféus, fotos e recortes e também se desfez da fábrica, voltando à trabalhar em industrias de cosméticos até que em 1999 montou novamente uma outra fábrica de cosméticos, a Corpo & Forma Cosméticos Artesanais em Carapicuíba/SP. Automobilismo ficou só como uma lembrança boa.

Mesmo afastado do automobilismo construiu um novo automóvel esportivo com motor V6 Alfa Romeo em uma oficina de Carapicuíba/SP, terminando em 2012. Salvador veio a falecer pouco depois, em 2014.

Veja vídeo desse novo carro: https://www.youtube.com/watch?v=wXF3eBJuqJw

 

Duas Horas de Velocidade/1970 Mil Milhas Brasileiras/1970

Principais participações em provas (Com a colaboração de Napoleão Ribeiro)

12/06/1966 - GP IV Aniversário APVC - Interlagos/SP - Ferrari Testarossa 1.995cc n° 16 -
4º na geral e 4º na cat. Sport+3.0
19/11/1966 - VIII Mil Milhas Brasileiras - Com Domingos Papaleo - Fiat Stanguelini 1.221cc n° 85 - cat. T-1.3 - Abandono
19/03/1967 - IV 12 Horas de Interlagos/SP - Com Domingos Papaleo - Fiat Stanguelini 1.221cc n° 85 -
18º na geral e 4º na cat. TFL
03/12/1967 - IX Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Com Domingos Papaleo - Fiat Stanguelini 1.221cc n° 85 - 20º na geral e 11º na cat. TFL
08/03/1970 - II 1500 Km de Interlagos/SP - Com Domingos Papaleo - Maserati 300S 2.989cc n° 95 -
cat. D-4 - Abandono
15/03/1970 - Festival Brasileiro de Velocidade - Interlagos/SP - Maserati 300S 2.989cc n° 95 - 13º na geral e 9º na cat. D-4
22/03/1970 - Prêmio Tufic Scaff - Interlagos/SP - Maserati 300S 2.989cc n° 95 -
4º na geral e 4º na cat. D-4
14/06/1970 - IV 12 Horas de Interlagos/SP - Com José Alverni - Maserati 300S 2.989cc n° 95 - cat. D-4 - Abandono
05/07/1970 - 2 Horas de Velocidade - Interlagos/SP - Maserati 300S 2.989cc n° 95 -
8º na geral e 5º na cat. D-4
09/08/1970 - 250 Milhas de Interlagos/SP - Maserati 300S 2.989cc n° 95 - cat. D-4 - Abandono
07/09/1970 - XI 500 Km de Interlagos/SP - Maserati 300S 2.989cc n° 95 -
18º na geral e 12º na cat. D-4
22/11/1970 - X Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Com João Odmur Costa - Maserati 300S 2.989cc n° 95 - 26º na geral e 17º na cat. D-4
21/03/1971 - V 12 Horas de Interlagos/SP - Com Domingos Papaleo - Maserati 300S 2.989cc n° 95 -
cat. D-6 - Abandono
04/07/1971 - IV 6 Horas de Interlagos/SP - Maserati 300S 2.989cc n° 95 - cat. D-6 - Abandono
15/08/1971 - 250 Milhas de Interlagos/SP - Maserati 300S 2.989cc n° 95 -
21º na geral e 4º na cat. D-6
07/09/1971 - XII 500 Km de Interlagos/SP - Com Domingos Papaleo - Maserati 300S 2.989cc n° 95 - cat. D-6 - Abandono
03/08/1974 - 1ª Etapa do Paulista de Esporte D-4 - Interlagos/SP - CS-1/JK 1950cc n° 95 -
8º na geral e 7º na cat. D-4 até 2.0
04/04/1976 - 1ª Etapa do Paulista de F-Ford - Interlagos/SP - Cianciaruso F-Ford 1.440cc n° 95 - 7º Lugar
09/05/1976 - 1ª Etapa do Brasileiro de F-Ford - Goiânia/GO - Cianciaruso F-Ford 1.440cc n° 95 -
24º Lugar
 


VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA
ou
VOLTAR À PÁGINA INICIAL