Uma visão dos nossos históricos anos sessenta e um pouco antes

Voltar  para  Página Inicial

Ir  para  "Lendas e histórias"

Aguinaldo de Goes Aldo Costa Alfredo Santilli Amauri Mesquita Antonio Carlos
Aguiar
Arlindo Aguiar Aroldo Louzada Bica Votnamis
Bird Clemente Bob Sharp Breno Fornari Caetano Damiani Camillo Christofaro Celso Lara Barberis Christian Bino Heins Ciro Cayres
Domingos Papaleo Eduardo Celidonio Emerson Fittipaldi Emilio Zambello Ênio Garcia Eugênio Martins Francisco Lameirão Fritz D'Orey
Graziela Fernandes Jan Balder Jayme Pistili Jayme Silva Jorge Lettry José Tôco Martins Luiz Americo
Margarido
Luiz Carlos Valente
Luiz Pereira Bueno Luiz Valente Marinho Miguel Crispim Nelson Brizzi Nicola Papaleo Nilo de Barros
Vinhaes
Norman Casari
Orlando Menegaz Paschoal
Nastromagario
Pedro Carneiro
Pereira
Piero Gancia Raphael Gargiulo Ricardo Rodrigues
de Moraes
Roberto Gallucci Roberto Gomez
Salvador Cianciaruso Toni Bianco Toninho Martins Victor Losacco Victorio Azzalin Vitório Andreatta Waldemar Santilli Zoroastro Avon
Pioneiros:
Benedicto Lopes Chico Landi Chico Marques Gino Bianco Hermano da Silva Ramos Irineu Correa Manuel de Teffé Nascimento Junior
Norberto Jung Villafranca            

Página acrescentada em 01 de maio de 2008
 

Camillo Christofaro
(Camillo João Christofaro)
por Paulo Roberto Peralta

Camillo e o motor Corvette
Acervo: site Mil Milhas

Nasceu em São Paulo (SP) no dia 27 de abril de 1928 no Bairro do Canindé e foi lá que passou sua vida toda. Sua mãe, Dna. Esperança, era irmã de Chico Landi, mecânico e corredor de automóveis. Aos 12 anos Camillo esteve presente na inauguração de Interlagos (17/05/1940) e assistiu o tio chegar em 2º lugar na prova “III Grande Premio Cidade de São Paulo”. Seu outro tio, Quirino Landi, também participou.
Foi estudar no SENAI no Bairro do Brás (torno, fresa e plaina), mas antes, já os 14 anos, começou a trabalhar, inicialmente de ajudante numa oficina mecânica na rua onde morava, aos 18 anos foi prestar serviço militar e ao dar baixa tirou carteira de habilitação, apesar de já guiar,
esporadicamente. Com a carteira passou a trabalhar guiando caminhão, até 1951 com 23 anos. No tempo ocioso entre uma viagem e outra guiava táxi, e com essa renda economizou e comprou seu 1º carro, um Chevrolet 1937, que viria a se transformar na famosa carretera 18.

Aos 24 anos, (1952), montou oficina própria e também se casou com Dna. Wilma. Pouco depois começou a construir o seu carro de corrida, um monoposto Mecânica Nacional usando a estrutura do chassi de um Alfa Romeo, com motor Ford e o resto montado a partir de peças de diversas origens, além de uma carroceria feita por ele mesmo. Levou quase 3 anos para construir o carro que recebeu o nº 18 em homenagem à data de aniversário da esposa, e como  seu filho  gostava de ver gibis e adorava as histórias dos lobinhos, Camillo mandou pintar um lobinho no carro, que passou a ser  de “Lobinho”. Com o tempo a figura foi sendo modificada e ganhou até mesmo um capacete e a equipe foi ficando conhecida como “Escuderia Lobo”, e ele mesmo com o tempo passou a ser chamado de o “Lobo do Canindé”

1956 - Primeiro carro
(reprodução revista)

Na primeira corrida em 1956 o carro quebrou, depois transformou o carro em biposto, rebaixou, trocou a grade e reestreou o carro no “Prêmio Benedicto Lopes”, fez mais
2 corridas em 1956 e todas com bons resultados.

1956 - Aniversário do ACB
(Reprodução revista Stock Show)

Já na prova inicial de 1957 obteve sua primeira vitória, em 57 teve também seu primeiro acidente sério, na “IV Prova do Cinqüentenário do ACB” vinha em segundo quando a manga de eixo se partiu e o carro sem a roda dianteira esquerda foi de encontro ao barranco, Camillo por sorte nada sofreu. Na prova “ 500 Quilômetros de Interlagos” participou em dois carros, fez dupla com Djalma L. Pessolato em seu “Camillo Especial”, agora com motor Corvette e fez dupla também com o tio, Chico Landi, no Perfect Cicle Especial. Mas abandonam logo no inicio, com 7 e 4 voltas respectivamente. 

1958 - Camillo e Fritz / Fritz e Camillo
(reprodução Jornal HP)

Em seguida, Djalma o convidou para correr a “Mil Milhas” em dupla, na sua carretera, foi sua primeira corrida com carretera, e durante a corrida um cavalo atravessou a pista e Djalma numa manobra brusca para desviar acabou capotando e caiu do barranco entre as curvas 1 e 2, vindo a falecer.
Camilo recuperou a carretera e participou com ela de uma prova em Petrópolis (RJ) com vitória e outra em Porto Alegre (RS) que não concluiu. Essa carretera foi vendida para os irmãos Romano que correram a “Mil Milhas Brasileiras” de 1959 e Lauro Romano capotou no mesmo lugar do acidente de Djalma, mas felizmente só com prejuízos materiais.

1960 - Camillo e a Alfa/Corvette
em Piracicaba -  Acervo Rui Pastor

Em 1958 no “500 Quilômetros de Interlagos” Camillo (30 anos) estreou seu novo Mecânica Nacional, um Alfa Romeo/Corvette e correu em dupla com “Dinho” Bonotti e cedeu o “Camillo Especial” para “Dinho” correr em dupla com Caetano Damiani.
Na Mil Milhas de 58 Camilo ia correr em dupla com Jair de Melo Vianna na carretera dele, mas a caminho de um treino (as carreteras tinham placa, iam rodando até a pista), bateram e Jair morreu, três mecânicos e Camillo se feriram, Camillo não participou. Já na “Mil Milhas” de 1959 (31 anos) fez dupla na carretera nº 84 de José Gimenez Lopes. Em 1960 fez dupla com o tio Landi na prova “24 Horas de
Interlagos” (só carros nacionais) ao volante de um FNM/JK, em setembro comprou a  carretera de Gimenez Lopes e correu a “Mil Milhas” ao lado de Celso Lara Barberis, mas a poucas voltas do final (192 de 201), e na liderança, a carretera parou antes dos boxes, empurrada até o box não houve jeito de fazê-la funcionar novamente, então a equipe toda empurrou a carretera para cruzar a linha de chegada e garantir o 4º lugar, o regulamento exigia o cruzamento da linha de chegada.
No ano seguinte estreou seu novo Mecânica Nacional, uma Maserati/Corvette com vitória no “Circuito de Piracicaba” (SP), seu carro anterior, a Alfa Romeo/Corvette, vendeu para Justino de Maio.
No ano de 1961 faz algumas modificações na carretera, a mais visível foi rebaixar o teto, e na “Mil Milhas” correu novamente em dupla com Celso Lara Barberis, depois, em julho de 1962, vendeu a carretera para Catharino Andreatta do Rio Grande do Sul.
Em 1963 venceu novamente a “12 Horas de Interlagos”, dessa vez ao lado de Antonio Carlos Aguiar e Décio D’Agostino, tornando-se bi-campeão da prova, aí pegou seu Chevrolet 1937 e começou a construir a sua própria carretera, fez a estréia na prova “ 1600 Quilômetros de Interlagos” ao lado de Antonio Carlos Aguiar.
Até então sua prioridade eram as corridas de Mecânica Nacional, mas com a diminuição das corridas passou a correr com mais freqüência com a carretera. Venceu a “250 Milhas de Interlagos” realizada no sentido inverso (horário) ao normalmente usado (anti-horário) em parceria com Antonio Carlos Aguiar, antes havia corrido, e vencido, a prova “IV Centenário do Rio de Janeiro” pilotando uma Ferrari 250 GTO Drago, o que causou polemica, Chico Landi então chefe de equipe Simca, entrou com recurso alegando que a Ferrari originalmente era um GT, mas que havia sido enviada para a Itália e transformada, então seria agora um protótipo, após muita discussão o ACB acabou considerando o carro como GT e manteve o resultado.

1962 - Maserati/Corvette
Premio Aniversário ACESP
Acervo: Antonio C. Aguiar

Em junho de 1966 participou das 2 provas do “GP IV Aniversário APVC”, TFL (carretera) e MN (Maserati/Corvette), prova que acabou sendo a última da categoria Mecânica Nacional, a partir de então passou a correr só com a carretera e a vai aperfeiçoando cada vez mais.
Venceu, em dupla com Eduardo Celidonio, a “Mil Milhas” de 1966. Da glória da vitória à quase tragédia, um mês depois no “GP Rodovia do Café” (PR) Camillo sofreu um sério acidente, capotou numa depressão, acabou com o tornozelo esquerdo trincado, dois cortes no rosto e escoriações pelo corpo e a carretera destroçada.

1967 - 12 Horas de Interlagos
(reprodução propaganda em jornal)

Em 1967 fez 5 provas, inclusive “Mil Milhas”, novamente em dupla com Eduardo Celidonio, em 1968 com Interlagos fechado para reformas, fez provas no Paraná, Rio de Janeiro e Brasília.  
1969, com Interlagos ainda fechado participou de apenas 1 corrida, no Paraná. 1970, com Interlagos reaberto voltaram as corridas, mas Camillo também correu no Paraná e na inauguração do Autódromo de Tarumã (RS), onde, apesar de ter largado em ultimo, pois não treinou, terminou em 3º lugar, atrás apenas do Fúria de Jayme Silva e do Bino Mark II de Luiz Pereira Bueno, dois carros construídos por Toni Bianco.
Com esse mesmo carro ganhou a prova de velocidade da Av. Marginal, em São Paulo, quando atingiu 236.74 km/h no quilômetro lançado.
A prova foi um festival de recordes em linha reta, na Marginal do Rio Pinheiros em São Paulo (SP).                                                    

1971 - Copa Brasil - última da carretera
(recorte em foto de
Rogerio P. de Luz)

Camillo correu com a carretera até 1971, a categoria TFL já não existia mais, seu carro enquadrava-se na Divisão 4 (protótipo nacional com motor estrangeiro).
Sua última corrida com a carretera foi a 1ª etapa da Copa  Brasil de 1971 (11/12), a partir da 2ª etapa (18/12/1971) estreou o protótipo Fúria/Ferrari que havia encomendado ao carrozieri Toni Bianco, fez apenas 2 corridas com esse motor. 

1973 Mil Milhas - Maverick
Acervo: Carlos de Paula

Para se adaptar ao regulamento trocou por um motor Dodge Chrysler nacional, correu com ele os anos de 1972 e 73 e a partir da “Mil Milhas” de 1973 passou a  usar um Ford Maverick V8, até que em 1975, aos 47 anos, realizou um de seus sonhos, correr em dupla com o filho Camilinho, então com 22 anos, na prova ”6 Horas de Interlagos”, estavam na liderança quando faltando menos de 1 hora para terminar Camillo recebeu placa para pit-stop na próxima volta, mas na Curva do Sol perdeu o traçado e colocou uma roda na grama ainda molhada da chuva e o Maverick  escapou e bateu no guard-rail externo, devido à velocidade foi parar sobre o guard-rail interno, o carro ficou dobrado ao meio, chegou ao box falando que era um “salame”, que corria a mais de 20 anos e cometera uma besteira. 

1973 - 6ª Etapa do Brasileiro
Foto:
Rogerio P. de Luz

Continuou correndo de Maverick o Campeonato Paulista de 1975 e ainda fez 3 provas do Campeonato de 1976, aí parou de correr, mas não de preparar carros, continuou com a oficina, com a equipe e passou a se dedicar à carreira do filho que competia no Brasileiro de Marcas e na Stock Car.

1989 - Foto: Jorge Meditsch

13 anos depois, em 1989, já com 61 anos, Camilinho (36 anos) o convenceu a correr mais uma “Mil Milhas Brasileiras” juntos, correram com um Chevrolet Opala equipado com cambio Corvette e um motor de aproximadamente 300 cavalos. Foram 197 voltas, pouco mais de 11h34min. e um 3º lugar na geral e 1º na categoria Força Livre Nacional.
Esta foi sua última corrida, e coincidentemente, também a última “Mil Milhas Brasileiras” realizada no circuito antigo, que ele tanto conhecia e gostava, no final daquele ano Interlagos foi fechado e a pista
reformada, foi mutilada e reduzida, de seus quase 8 Km passou para 4.309 metros.
Camillo faleceu em 28 de agosto de 1994, aos 66 anos.

Participações em provas

08/04/1956 - Abertura da Temporada do ACB - Interlagos/SP - Camillo Especial/Ford 3.917cc nº 20 - MN - AB
12/08/1956 - Prêmio Benedicto Lopes - Interlagos/SP - Camillo Especial/Ford 3.917cc nº 18 - MN - 4º Lugar
16/09/1956 - Prêmio Aniversário ACB - Interlagos/SP - Camillo Especial/Ford 3.917cc nº 18 - MN - 3º Lugar
16/12/1956 - Prêmio Santos Dumont - Interlagos/SP - Camillo Especial/Ford 3.917cc nº 18 - MN - 3º Lugar
10/02/1957 - I Prova Cinqüentenário do ACB - Interlagos/SP - Camillo Especial/Ford 3.917cc nº 18 - MN - 1º Lugar
07/04/1957 - II Prova Cinqüentenário do ACB - Interlagos/SP - Camillo Especial/Ford 3.917cc nº 18 - MN - 2º Lugar
23/06/1957 - III Prova Cinqüentenário do ACB - Interlagos/SP - Camillo Especial/Ford 3.917cc nº 18 - MN - 2º Lugar
25/08/1957 - IV Prova Cinqüentenário do ACB - Interlagos/SP - Camillo Especial/Ford 3.917cc nº 18 - MN - 11º Lugar
07/09/1957 - I 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Camillo Especial/Corvette 4.343cc nº 18 - c/Djalma L. Pessolato - 23º Lugar
07/09/1957 - I 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Ferrari/Corvette 4.343cc nº 2 - c/Chico Landi - 24º Lugar
23/11/1957 - II Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 4.343cc nº 68 - c/Djalma L. Pessolato - 32º Lugar (acidente fatal c/Pessolato)
01/12/1957 - VI Prova Cinqüentenário do ACB - Interlagos/SP - Camillo Especial/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 2º Lugar
23/02/1958 - Prova Crônica Esportiva Paulista - Interlagos/SP - Camillo Especial/Corvette  4.343cc nº 18 - 6º na geral e 2º   MN
16/03/1958 - VI Circuito de Petrópolis - MN - Petrópolis/RJ - Camillo Especial/Corvette 4.343cc nº 18 - 1º Lugar
16/03/1958 - VI Circuito de Petrópolis - TFL - Petrópolis/RJ - Carretera Chevrolet/Corvette 4.343cc 68 - 1º Lugar
20/04/1958 - 20/04/1958 - Prova Sulamericana - TFL - Interlagos/SP - Camillo Especial/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 2º Lugar
15/06/1958 - I 500 Quilômetros de Porto Alegre/RS - Carretera Chevrolet/Corvette 4.343cc - TFL - ND
22/06/1958 - GP Cinqüentenário da Imigração Japonesa - Interlagos/SP - Camillo Especial/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 3º Lugar
07/09/1958 - II 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 18 - c/Piloto H (Dinho Bonotti) - 2º Lugar
17/05/1958 - III Circuito de Pirajuí/SP - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 18 - 7º na geral e 4º na MN
31/05/1958 - Prêmio Santa Lúcia - Interlagos/SP - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 18 - 6º na geral e 2º na MN
05/07/1959 - Prova Presidente do ACB - Interlagos/SP - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 2 - MN - 1º Lugar
18/10/1959 - III Circuito de Poços de Caldas/MG - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 6º Lugar
21/11/1959 - IV Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Chevrolet/Corvette 4.343cc 84 - c/José Gimenez Lopes - TFL - 2º Lugar
10/01/1960 - II Torneio Triangular Sulamericano - Interlagos/SP - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 18 - 3º na geral e 2º na MN
17/01/1960 - GP Cidade do Rio de Janeiro - Barra da Tijuca/RJ - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 6º Lugar
13/03/1960 - II Circuito de Piracicaba/SP - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 1º Lugar
23/04/1960 - GP Juscelino Kubitschek - Eixo Rodoviário Sul - Brasília/DF - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 8º Lugar
12/06/1960 - Prêmio Presidente do ACB - Interlagos/SP - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 1º Lugar
03/07/1960 - I 24 Horas de Interlagos (GEIA) - Interlagos/SP - FNM/JK 2000 1.975cc nº 2 - c/Chico Landi - T+2.0 - 2º Lugar
09/09/1960 - III 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 18 - 15º na geral e 8º na MN
26/11/1960 - V Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 4.343cc 82 - c/Celso Lara Barberis - TFL - 4º Lugar
15/01/1961 - III Torneio Triangular Sulamericano - Interlagos/SP - Alfa Romeo/Corvette 4.343cc nº 18 - 9º na geral e 7º na MN
14/05/1961 - III Circuito de Piracicaba/SP (MN) - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 1º Lugar
03/06/1961 - II 24 Horas de Interlagos/SP - FNM/JK 2000 1.975cc 30 - c/Jean Louis Lacerda - T+2.0 - 3º Lugar
07/09/1961 - IV 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Maserati/Corvette  4.343cc nº 18 - 11º na geral e  8º na MN
25/11/1961 - VI Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 4.343cc nº 4 - c/Celso Lara Barberis - TFL - 19º Lugar
25/01/1962 - I 12 Horas de Interlagos/SP - FNM/JK 2000 1.975cc nº 54 - c/Chico Landi - T+2.0 - 1º Lugar
29/04/1962 - I Mil Quilômetros de Brasília - Trampolim do Eixo/DF - FNM/JK 2000 1.975cc nº 54 - c/Chico Landi - 9º na geral e 5º na TC
20/05/1962 - Festival Automobilístico ACESP - SP - Interlagos/SP - Porsche 356C 1.582cc nº 18 - 2º Lugar
20/05/1962 - Festival Automobilístico ACESP - MN - Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - 1º Lugar
07/09/1962 - V 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - 2º Lugar
10/03/1963 - II 12 Horas de Interlagos/SP - FNM/JK 2000 1.975cc nº 18 - c/Antonio C. Aguiar/Décio D'Agostino - T+1.3 - 1º Lugar
28/04/1963 - I 12 Horas de Brasília - Trampolim do Eixo/DF - FNM/JK 2000 1.975cc nº 2 - c/Chico Landi/Décio D'Agostino - TC - ND
28/04/1963 - I 12 Horas de Brasília Trampolim do Eixo/DF - FNM/JK 2000 1.975cc nº 18 - c/Chico Landi/Décio D'Agostino - TC - ND
30/06/1963 - II Prêmio Aniversário ACESP - Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 4º Lugar
07/09/1963 - VI 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - ND
24/11/1963 - I 1600 Quilômetros de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 4.343cc nº 18 - c/Antonio C. Aguiar - 6º na geral e 5º na TFL
08/03/1964 - GP Rogê Ferreira - Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - 2º na geral e 1º na MN
26/04/1964 - Prova Constantino Cury - Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 1º Lugar
05/07/1964 - GP Vitória da Democracia - Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 1º Lugar
15/08/1964 - 1000 Quilômetros de Interlagos/SP - Porsche 356C 1.582cc nº 18 - c/Antonio C. Aguiar - 14º na geral e 3º na GT
27/09/1964 - I 250 Milhas de Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - 9º na geral e 5º na MN
11/10/1964 - Prova John F. Kennedy - Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - 10º na geral e 5º na MN
27/03/1965 - II 1600 Quilômetros de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 4.343cc nº 18 - c/Aguinaldo de Gois Filho - 3º na geral e 1º na TFL
25/07/1965 - Prova Aniversário da APVC - MN - Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 1º Lugar
25/07/1965 - Prova Aniversário da APVC - TFL - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 4.343cc nº 18 - TFL - 4º Lugar
19/09/1965 - GP IV Centenário do Rio de Janeiro - Barra da Tijuca/RJ - Ferrari 250 GTO Drogo 2.953cc nº 18 - T/GT+1.3 - 1º Lugar
10/10/1965 - Festival Interclubes - MN - Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 1º Lugar
10/10/1965 - Festival Interclubes - TFL - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 4.343cc nº 18 - TFL - 1º Lugar
27/11/1965 - VII Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 4.343cc nº 18 - c/Antonio C. Aguiar - 33º na geral e 18º na TFL
19/12/1965 - 250 Milhas de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 4.343cc nº 18 - c/Antonio C. Aguiar - TFL - 1º Lugar
27/02/1966 - Camp. Paulista - MN - 1ª Etapa - Interlagos/SP - Maserati/Corvette 4.343cc nº 18 - MN - 1º Lugar
27/02/1966 - Camp. Paulista - TFL - 1ª Etapa - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - TFL - 1º Lugar
20/03/1966 - Camp. Paulista - TFL - 2ª Etapa - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - TFL - 1º Lugar
17/04/1966 - Camp. Paulista - TFL - 3ª Etapa - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - TFL - 1º Lugar
12/06/1966 - GP IV Aniversário APVC - Interlagos/SP - Maserati/Corvette 5.359cc nº 18 - 5º na geral e 4º  na MN
12/06/1966 - GP IV Aniversário APVC - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - TFL - 1º Lugar
03/07/1966 - Prêmio Aniversário ACESP - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - TFL - 2º Lugar
27/11/1966 - VIII Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - c/Eduardo Celidonio - TFL - 1º Lugar
18/12/1966 - II GP Rodovia do Café - Curitiba/Londrina/Curitiba/PR - Carretera Chevrolet/Corvette    5.359cc nº 19 - TFL - AB (acidente)
19/03/1967 - IV 12 Horas de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - c/Eduardo Celidonio - 2º na geral e 1º na TFL
16/04/1967 - Premio Aniversário do Centauro - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - 2º na geral e 1º na TFL
11/06/1967 - III 6 Horas de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - c/Eduardo Celidonio - 15º na geral e 12º na TFL
01/10/1967 - II 100 Milhas de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - TFL - 1º Lugar
03/12/1967 - IX Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - c/Eduardo Celidonio - TFL - AB
                  
1968 e 1969  -  Interlagos fechado para reformas
04/02/1968 - GP Rodovia do Xisto - Rodovia do Xisto/PR - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - TFL - 4º Lugar
24/03/1968 - Prova Gov. Paulo Pimentel - Pinhais/PR - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - TFL - 4º Lugar
13/04/1968 - IV Mil Quilômetros de Brasília - Eixo Monumental/DF - BMW 2002 TI 1.990cc nº 18 - c/Ubaldo Lolli - TFL - ND
04/08/1968 - III 500 Quilômetros da Guanabara - Jacarepagué/RJ - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - c/Abelardo Aguiar - TFL - ND
06/07/1969 - Prova Namorados no Autódromo - Pinhais/PR - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - 9º na geral e 5º na PT
08/03/1970 - II 1500 Quilômetros de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - c/Eduardo Celidonio - D4 - AB
15/03/1970 - Festival Brasileiro de Velocidade - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - 3º na geral e 2º na D4
22/03/1970 - Prêmio Tufic Scaff - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - D4 - 2º Lugar
14/06/1970 - V 12 Horas de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - c/Eduardo Celidonio - D4 - AB
09/08/1970 - 250 Milhas de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - D4 - ND
07/09/1970 - XI 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - 13º na geral e 8º na D4
11/10/1970 - 2 Horas de Velocidade Pinhais/PR - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - D4 - ND
25/10/1970 - GP Mackenzie - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - D4 - 3º Lugar
08/11/1970 - Inauguração do Autódromo - Tarumã/RS - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - D4 - 3º Lugar
14/11/1970 - Festival de Recordes - Marginal Pinheiros/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - 1º Lugar - 236,737km/h 
06/12/1970 - Copa Brasil - 1º Etapa - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - D4 - 13º Lugar
13/12/1970 - Copa Brasil - 2ª Etapa - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - D4 - 8º Lugar
27/12/1970 - Copa Brasil - 4ª Etapa - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - D4 - ND
21/03/1971 - VI 12 Horas de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - c/Eduardo Celidonio - D5 - AB
23/05/1971 - Prova dos Campeões - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - D5 - ND
15/08/1971 - 250 Milhas de Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - 23º na geral e 10º na D5
11/12/1971 - 1ª Etapa da Copa Brasil - Interlagos/SP - Carretera Chevrolet/Corvette 5.359cc nº 18 - AB - 26º na geral e 6º na D5 
(Última corrida da carretera)
18/12/1971 - 2ª Etapa da Copa Brasil - Interlagos/SP - Furia/Ferrari 2.963cc nº 18 - D4 - 17º Lugar
20/08/1972 - 200 Quilômetros de Belo Horizonte/MG - Furia/Ferrari 2.953cc nº 18 - D4 - ND
15/10/1972 - Campeonato Brasileiro Div.4 - 3ª Etapa - Interlagos/SP - Furia/Chrysler 5.212cc nº 18 - 11º na geral e 3º na D4+2.0
12/11/1972 - Brasileiro Div.4 - 3ª Etapa  - Interlagos/SP - Furia/Chrysler 5.212cc nº 18 - D4+2.0 - 2º Lugar
09/12/1972 - Copa Brasil - 1ª Etapa - Interlagos/SP - Furia/Chrysler 5.212cc nº 18 - D4 - 4º Lugar
10/12/1972 - Copa Brasil - 2ª Etapa - Interlagos/SP - Furia/Chrysler 5.212cc nº 18 - D4 - 1º Lugar
17/12/1972 - Copa Brasil - 3ª Etapa - Interlagos/SP - Furia/Chrysler 5.212cc nº 18 - D4 - 3º Lugar
18/03/1973 - Brasileiro de Div.4 - 1ª Etapa  - Interlagos/SP - Furia/Chrysler 5.212cc nº 18 - D4+2.0 - 2º Lugar
15/04/1973 - Brasileiro de Div.4 - 2ª Etapa - Tarumã/RS - Furia/Chrysler 5.212cc nº 18 - D4+2.0 - ND
02/09/1973 - Brasileiro de Div 4 - 6ª Etapa - Interlagos/SP - Furia/Chrysler 5.212cc nº 18 - 7º na geral e 5º na D4+2.0
08/12/1973 - XI Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - c/Eduardo Celidonio - T+3.0 - 2º Lugar
16/12/1973 - Campeonato Brasileiro Div.3 - 6ª Etapa - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - 11º na geral e 4º na T+3.0
28/04/1974 - 4ª Etapa do Paulista de Div.1 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - T+3.0 - 10º Lugar
14/07/1974 - 8ª Etapa do Paulista de Div.1 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - T+3.0 - 2º Lugar
01/09/1974 - XV 500 Quilômetros de Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - 16º na geral e 9º na T+3.0
15/09/1974 - 11ª Etapa do Paulista de Div.1 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - 3º na geral e 2º na T+3.0
29/09/1974 - 12ª Etapa do Paulista de Div.1 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - 7º na geral e 4º na T+3.0
13/10/1974 - 14º Etapa do Paulista de Div.1 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - T+3.0 - 1º Lugar
04/11/1974 - 14ª Etapa do Paulista de Div.3 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 -
7º na geral e 6º na T+3.0
02/03/1975 - 1ª Etapa do Brasileiro de Div.3 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - T+3.0 - 4º Lugar
18/05/1975 - 6 Horas de Interlagos/SP (500 Milhas Itacolomy) - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - c/Camillo Christofaro Jr. -
52º na geral e 22º na T+3.0 (acidente)
29/06/1975 - 2ª Etapa do Paulista de Div.3 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - T+3.0 - 2º Lugar
03/08/1975 - 3ª Etapa do Paulista de Div.3 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 -
T+3.0 - 1º Lugar
24/08/1975 - 5ª Etapa do Paulista de Div.1 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - T+3.0 - 3º Lugar
01/09/1975 - 6ª Etapa do Paulista de Div.1 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 -
T+3.0 - 2º Lugar
14/09/1975 - Torneio Sulamericano de Maverick - 1ª Etapa - Interlagos/SP - Ford Maverick (4 cil) 2.301cc nº 16 - Maverick - 14º Lugar
05/10/1975 - 4ª Etapa do Paulista de Div.3 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 -
T+3.0 - 2º Lugar
26/10/1975 - 6ª Etapa do Brasileiro de Div.3 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 2 - T+3.0 - 2º Lugar
04/04/1976 - 1ª Etapa do Paulista de Div.3 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 -
T+3.0 - 1º Lugar
29/05/1976 - 2ª Etapa do Paulista de Div.3 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 - T+3.0 - 1º Lugar
17/10/1976 - 5ª Etapa do Paulista de Div.3 - Interlagos/SP - Ford Maverick 4.950cc nº 18 -
25º na geral e 7º na T+3.0
22/01/1989 - XIX Mil Milhas Brasileiras - Interlagos/SP - Chevrolet Opala 4.093cc nº 18 - c/Camillo Christofaro Jr./Americo Bertini - 3º na geral e 1º na TA

VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA
ou
VOLTAR À PÁGINA INICIAL